Rieu

25/02/2018

Ligar-se à Sua Luz Interior



Ligar-se à Sua Luz Interior

Quando se fala de meditação, muitas vezes somos convidados a fechar os olhos e a procurar o silêncio. Não é engraçado que quando queremos "ver" mais fechamos os olhos? Não é interessante que quando queremos ouvir mais precisamos de procurar o silêncio? Isto é porque as nossas respostas são encontradas dentro e não fora. O universo interior é muito maior do que o universo exterior. A divindade da nossa alma oferece, na realidade, todas as respostas. A nossa tarefa é aprender a silenciar e remover as forças externas que nos impedem de entrarmos dentro de nós mesmos. O ruído exterior pode distrair-nos e, até mesmo, impedir-nos de ouvir a bela música no nosso interior.

Esta semana, fazemos a viagem interior e percorremos a estrada menos viajada. Viajamos dentro de nós, onde o nosso maior poder reside. Se conseguirmos ignorar as muitas distrações que nos rodeiam e que muitas vezes não oferecem soluções reais, poderemos ouvir a nossa voz interior e encontrar as soluções que procuramos.

A nossa porção esta semana é Ki Tisa. Finalmente, o Tabernáculo está próximo da conclusão. Moisés deixa os israelitas para se conectar e falar directamente com o Criador. Alcançamos um ponto alto na jornada espiritual dos israelitas. Neste ponto, Moisés recebe toda a informação e energia que o Criador lhes deu: a Torá e os Dez Mandamentos. Os israelitas sentiram uma unificação total com o Criador, tão poderosa que, por um momento, a morte foi varrida da Terra. Os israelitas estão conectados com a sua centelha divina interior. Eles não conheciam qualquer limitação, possuíam todas as respostas, e sentiam-se em paz. No entanto, ainda estavam tentados a olhar para fora de si mesmos. Temendo que Moisés os tivesse abandonado, os israelitas, em pânico, cometeram o erro de avançar para "fora" em vez de ir para "dentro". Criaram um ídolo de ouro para substituir Moisés. Ao fazer isso, diminuíram enormemente a energia que receberam e, como consequência, quebraram a sua conexão com o Criador. Moisés acabou por voltar e, com a ajuda do Criador, purificou os israelitas e restabeleceu a ligação.

Não são apenasos israelitas que, em momentos empurrados pelo impulso, procuram uma solução instantânea para os problemas. Todos nós tendemos a procurar alguém que nos salve, uma pílula que nos cure, ou uma solução por parte de alguém que consideramos ser mais inteligente. Mas, tal como os israelitas alcançaram a unidade com o Criador, nós também, com a ajuda do Universo nesta semana, podemos olhar para dentro e conectar-nos com a nossa própria centelha divina, sábia e sagrada. Se estivermos dispostos a criar o espaço para tal, a conexão que os Israelitas tiveram com o Criador pode acontecer-nos a nós nas nossas vidas, hoje. Dentro de cada um de nós está tudo o que sempre precisámos.

Dentro de nós há um tesouro de presentes. Dentro encontramos as respostas que buscamos, as soluções que precisamos, e a coragem para lutar contra os nossos medos.
Às vezes, tudo o que precisamos para encontrá-lo é deixar cair todas as distrações.
Esta semana nas suas meditações, procure um lugar calmo e feche os olhos. Vá para dentro. Respire fundo lentamente. Torne-se consciente da centelha divina do Criador dentro de si. Conecte-se com a sua luz interior. Sinta a grande riqueza interior.

E, se fizer uma pergunta e escutar em suficiente silêncio, aposto que vai ouvir uma resposta.

Enviando-vos o meu amor, como sempre
Karen

Se você receber este e-mail de um amigo e gostaria de subscrever: clique aqui