Rieu

24/07/2017

Lua nova em 23 de Julho de 2017

https://www.facebook.com/rsrc.php/v3/y4/r/-PAXP-deijE.gif

Lua nova em 23 de Julho de 2017 Um fôlego novo!!! Com Sol Lua e Marte em Leão, conjuntos, bem coladinhos! Acontece as 06:45h aqui no Brasil! Por Claudia Lazzarotto – Astróloga Kármica.

E cá estamos nós…todos cansados, meio esgotados com tantas e tão intensas vibrações a que vimos sendo submetidos...eis que chega um novo sopro puramente energético. 
Como falamos de um planeta pessoal, e de dois luminares esta energia pode ser direcionada puramente para nos nutrirmos, ganharmos impulso no sentido em que cada um de nós mais necessitar neste momento. Não falamos diretamente de caminho evolutivo, nem de situações kármicas. Podemos desta vez respirarmos e absorvermos energia física e emocional. Trabalharmos nosso amor próprio, nos presentearmos com um banho desta luz!

Porém, Sol, Lua e Marte estão em quadratura com Urano em Áries (regido por Marte), que continua fazendo o grande Trígono com Saturno e Nódulos Lunares, que também estão em Leão(ver detalhes em textos anteriores) . E esta quadratura nos dá uma excelente e fortíssima oportunidade de sermos corajosos e decisivos, de realmente darmos um xeque-mate em nós mesmos, em nosso caminho evolutivo e na vida propriamente dita. 

Como o Cosmos já vem nos direcionando a este movimento, esta aspectação pode ser o toque que faltava, principalmente porque esta grande conjunção também está em Trígono com Quíron. E o mapa do momento do plenilúnio desta Lua Nova tem ascendente em Leão!! E ainda com Mercúrio e Nódulo Norte em Leão.

Um momento intenso e iluminado, mas, que pode ser perigoso se canalizado com rancor e ativar a ira de forma negativa, ativar o Ego gerar um verdadeiro colapso. 
No entanto, pode trazer ação, atitude, realização e plenitude aos nossos corações se focarmos no imenso lado positivo deste momento!


Leão rege o Amor puro, o que vem de dentro do Ser, o verdadeiro autovalor e amor próprio, a essência do EU e por isto as vezes se confunde com o Ego. Em um momento em que o Sol (o eu Interior) está domiciliado em Leão, o mental Mercúrio (o mental), a Lua (o emocional), o Nódulo Lunar (Plano Divino) e ainda o Ascendente está em Leão...só não dará uma virada, pelo menos em sua energia interna, quem realmente não aplicar o seu livre arbítrio neste sentido...
Então, é isto força, coragem e luz não nos faltarão neste ciclo...basta que utilizemos a sintonia de ação a partir de dentro para fora, direcionada com clareza, sabedoria e firmeza. E claro calma e paciência serão muito bem vindas!!!


Claudia Lazzarotto – Astróloga Kármica. 


23/07/2017

Conexão da Semana: Palavras

Conexão da Semana:  Palavras        

Esta semana começamos o último dos cinco livros da Torá. Em um momento crucial, em que Moisés prepara sua despedida do povo que guiou por dezenas de anos,  temos uma porção, aliás, um livro inteiro, denominado “Palavras”.

Os cabalistas sabem do poder das palavras. Sabem que a palavra negativa destrói a vida de quem a usa, assim como a palavra construtiva eleva e transforma. Trata-se de um tema fundamental da Cabala: se você dá a devida atenção à sua relação com as palavras, isso, por si só, pode eliminar toda a negatividade de sua vida.

Por isso, nessa semana nos concentramos em trocar a maledicência por palavras de Luz. Cada palavra amorosa levar algo muito bom ao mundo. A conexão da Torá nos pede boas palavras.

Shalom!


Atenção: Mini-aulas semanais, Rituais on-line abertos a todos, cursos presenciais em 2 estados, 8 livros publicados, Curso dos 72 Nomes de Deus (5o dia hoje), Módulo 1 e Arvore da Vida online, filantropia que cresce a cada ano, fazemos tudo isso porque acreditamos na construção de um novo mundo, com menos "eu" e mais "nós".
[]s Ian Mecler.

19/07/2017

VEGANISMO PARA LEIGOS

Entenda sua importância e como funciona esta prática, que vai além da alimentação

Imagem: Benjamin Bousquet (@bixphotos) - Unsplash

Embora o veganismo, da maneira que o entendemos hoje, exista já há algumas décadas, o interesse por ele vem sendo crescente nos últimos anos e sua importância tem se mostrado cada vez mais presente no mundo todo, e no Brasil não é diferente.

ESTATÍSTICAS AINDA SÃO ESCASSAS

Infelizmente, as fontes de dados estatísticos são mais precisas em países como Reino Unido, Estados Unidos, Alemanha e Portugal, cujas populações são mais significativas e há um interesse nessa pesquisa. Por aqui, as estatísticas geralmente unem dados de vegetarianos e veganos e, por isso, não temos dados exclusivos da população vegana. Entretanto, o que pode ser observável de forma mais empírica e que evidencia o crescimento do veganismo é o crescimento do mercado, isto é, diversos empreendimentos, eventos, grupos em redes sociais, oferta de produtos, estabelecimentos que visam atender essa demanda ou repaginam seus negócios de forma a torná-los totalmente veganos e até mesmo indústrias veganas surgindo. Como dados estatísticos, geralmente, são feitos por órgãos governamentais, por não ser uma população majoritária, não há qualquer interesse nessa pesquisa.

Também, com tantos escândalos, notícias e divulgações científicas sobre os múltiplos problemas envolvidos no consumo de produtos de origem animal, especialmente as questões éticas sobre o próprio uso dos animais, torna-se cada vez mais difícil sustentar a crença de que eles são necessários aos seres humanos em qualquer âmbito.

A comunidade médica e científica, especialmente nos EUA, valida e prescreve progressivamente uma alimentação baseada exclusivamente em vegetais e torna-se cada vez mais significativa a cada ano. No direito e na filosofia debate-se com cada vez mais seriedade a questão de direitos animais e as questões éticas referentes ao seu uso. Nas neurociências e na psicologia seguimos avançando com informações fundamentais acerca da senciência, assunto a ser aprofundado posteriormente, mas que objetivamente refere-se à capacidade dos seres (inclusive humanos) de sentir e perceber dor e medo e evitá-los, bem como sentir, perceber e buscar o prazer por meio da liberdade de realizar a própria natureza.

Explorar outras espécies sencientes como nós, simplesmente porque não fazem parte de nossa própria espécie, é justificável moralmente? Esse é o questionamento central do veganismo, ou seja, a crença de que os animais não-humanos existem exclusivamente para servir aos humanos e atender seus interesses, sejam eles econômicos ou emocionais, como se não fossem seres, mas objetos.

VEGANISMO NÃO É SÓ ALIMENTAÇÃO, ELE QUESTIONA A PRÁTICA DE TORNAR OS ANIMAIS OBJETOS

Embora muito se atrele o veganismo à escolha dietética, esta está longe de ser o foco central. Certamente que a dieta é uma parte importantíssima da questão, já que é um aspecto crucial e intrínseco à existência e à vida, mas ela definitivamente não é a única. Talvez seja a mais fácil num primeiro momento.

Ao contrário do que muitos acreditam, também não se trata do problema do sofrimento animal ou do tratamento cruel que recebem ao serem explorados - o que por si só já seria totalmente objetável - mas sim da própria exploração, o próprio uso dos animais em si, independentemente de causar sofrimento físico ou psicológico. O veganismo questiona a comodificação dos seres de outras espécies, isto é, a deliberação de torná-los coisas, objetos sem qualquer valor inerente, passíveis de uso.

PENA DOS ANIMAIS NÃO É A MOTIVAÇÃO PRINCIPAL DO VEGANISMO

Um outro equívoco é de que o veganismo acontece por meio de uma atitude compassiva ou amorosa em relação aos animais. Claro que esses elementos podem estar presentes na decisão de algumas pessoas, mas é o respeito, o senso de justiça e a lógica dos fatos que permite que esta decisão seja eticamente fundamentada. É o conhecimento objetivo dos processos e informações a que já temos acesso sobre as indústrias e sobre as naturezas de outras espécies, suas peculiaridades, suas personalidades e suas sociedades que cria condições para a mudança de perspectiva e consequentemente de hábitos e atitudes que os afetam diretamente.

Um aspecto importante que sobre o qual o veganismo se debruça é que o fato de compreender um ser senciente de outra espécie como um indivíduo impede que se justifique sua escravidão, isto é, forçá-lo a fazer algo que natural ou espontaneamente não faria. Impede que se atribua ao indivíduo um valor comercial e resguarda o seu valor intrínseco, isto é, o valor e a preciosidade de sua própria existência para ele mesmo. Um escravo não tem qualquer valor que não aquele atribuído às características específicas interessantes àquele que o possui. Portanto, o veganismo também se centra na abolição dessa mais do que ultrapassada escravidão animal.

FOMOS PROGRAMADOS PARA DEPENDER DA EXPLORAÇÃO ANIMAL E NATURALIZÁ-LA

Certamente não podemos desconsiderar que a nossa cultura foi amplamente programada para depender da exploração animal e fez crer, por meio da mídia, associada a corporações e instituições, que esse sistema era normal, necessário e por isso deveria ser aceito e até mesmo adotado como fetiche por toda a sociedade. Com toda a capacidade criativa humana, nos desenvolvemos imensamente do ponto de vista tecnológico, mas nos esquivamos de usar esse desenvolvimento para não mais explorar animais, mesmo com tantas possibilidades que se desvelam nesse sentido.

O que não acompanhou o desenvolvimento e o fortalecimento inconsequentes desse sistema foi justamente a imprescindível compreensão e projeção futura de seus efeitos mais nefastos e dos preços altíssimos que todos, especialmente os próprios animais, pagariam por essa alienação aos processos e mecanismos que mantêm esse sistema funcionando até o momento. Hoje o crescimento progressivo da busca pelo veganismo e do número de pessoas dispostas a adotá-lo como forma de estar no mundo de maneira mais justa e equalizada, demonstra que a realidade cruel, alienante e desnecessária a que submetemos outros seres se descortina. Com isso, temos a possibilidade de transformar profundamente nossas relações com eles que dividem o planeta conosco, com o planeta em si e com nossos corpos e emoções.















AS 3 CAMADAS DO VEGANISMO

1 - Símbolo

Além do conceito visto acima, eu vejo importância em compreender o veganismo também como um símbolo, cuja função é unir o que foi separado e que permite justamente resgatar uma relação que foi polarizada de forma negativa e injusta entre humanos e não-humanos, passando a considerar estes últimos como dignos da mesma consideração moral que oferecemos aos de nossa espécie.

A partir do reconhecimento dessa afinidade existencial (a senciência) entre humanos e não-humanos, o veganismo torna-se um símbolo da abolição da escravidão animal e estes passam a ser considerados igualmente como indivíduos e sujeitos de direitos, assim como humanos, numa relação mais dialética.

2 - Prática Individual

O veganismo é também um processo individual de conhecimento e reconhecimento, isto é, ele não depende de outros para que o indivíduo se engaje, pois a pessoa que se torna vegana não o faz em nome de um status, de uma estética a ser validada por outros, mas sim porque compreende os princípios básicos que regem sua decisão. Nesse processo excluo as crianças cujas necessidades são totalmente dependentes das decisões parentais. Mesmo assim, muitas crianças se recusam a consumir animais e a família se vê obrigada a buscar informações a fim de atender às necessidades nutricionais e emocionais da criança, que posteriormente pode fundamentar eticamente suas atitudes.

* Na foto, Thaís Khoury, autora do artigo, com um bolo de cenoura vegano (Imagem: arquivo pessoal)

3 - Coletivo

A ocorrência do veganismo enquanto um movimento coletivo se dá pela ampliação das práticas individuais de um número cada vez maior de indivíduos. Há, então, uma troca entre eles sobre o tema, surgem grupos de estudo, eventos especializados, comércios, manifestações e tudo que envolve a atitude grupal norteada por um objetivo comum que, no caso do veganismo, é a recusa em compactuar com a exploração animal - ele é a própria abolição da escravidão animal.

BREVE HISTÓRIA E CONCEITO DO VEGANISMO

O termo veganismo foi cunhado em 1944, por Donald Watson, fundador da Vegan Society no Reino Unido. Ele criou o termo a partir de um neologismo da contração da palavra veg(etari)anism = veganism, o que causou uma grande confusão terminológica, que perdura até hoje, já que o termo inicialmente referia-se apenas à retirada de produtos de origem animal da dieta. Somente em 1979 firmou-se o conceito que incluía qualquer forma de exploração animal, tendo resultado na seguinte definição:

"Filosofia e modo de viver que busca excluir - enquanto possível e praticável - toda forma de exploração e crueldade aos animais por comida, roupas ou qualquer outro propósito; e por extensão, promover o desenvolvimento e uso de alternativas sem animais para benefício de humanos, animais e o meio ambiente. Em termos dietéticos, denota a prática de dispensar todos os produtos feitos inteira ou parcialmente de animais". (Vegan Society, 1944)

A diferença crucial entre o vegetarianismo e o veganismo passou, então, a designar o primeiro como referente somente à alimentação pautada unicamente em vegetais, em geral considerando razões religiosas ou de saúde, e o segundo abrangendo também outros setores da vida humana e rejeitando diretamente qualquer forma de exploração animal para qualquer fim.

Este foi o primeiro texto de uma série sobre o tema e trata de uma visão mais geral, ficando para os textos subsequentes o aprofundamento em questões mais específicas sobre veganismo.


SOBRE O AUTOR
: THAÍS KHOURY
É psicóloga clínica e utiliza a interpretação dos sonhos, a calatonia e a expressão criativa em seus atendimentos. Também é vegana e fundadora do Veganíssimo, empresa que produz alimentos 100% vegetais. Saiba mais »contato: thais.khoury@hotmail.com

O PRINCÍPIO DA GERAÇÃO DA ENERGIA ESPIRITUAL

O PRINCÍPIO DA GERAÇÃO DA ENERGIA ESPIRITUAL
Mensagem de Owen Waters
17 de Julho de 2017

À medida que as pessoas se interessam mais pela espiritualidade e como ela pode mudar o mundo e melhorar suas vidas, a compreensão da energia espiritual se torna um fator chave no seu crescimento e desenvolvimento. Este artigo explica a natureza da energia espiritual e como ela pode ser usada, por exemplo, na cura à distância, na cura mundial ou simplesmente para melhorar a meditação.


Como o princípio da geração elétrica, o princípio da geração de energia espiritual mostra como um tipo específico de fluxo de energia pode ser gerado. No caso da geração elétrica, um fluxo de eletricidade é criado em uma determinada direção. No caso da geração de energia espiritual, um fluxo de energia espiritual é criado numa determinada direção.

A energia espiritual é energia etérica condicionada pela intenção espiritual.

A energia etérica é uma energia primária do universo, enquanto a energia elétrica é uma forma de energia secundária e mais densa. A energia etérica também é conhecida por muitos outros nomes ao redor do mundo, incluindo energia da vida, energia vital, prana, bioenergia, orgone, ki, chi ou qi.

A energia etérica não é estranha. Na verdade, está tão próxima quanto a ponta dos dedos. Quando vista contra um fundo claro com os olhos fora de foco, a energia etérica circunda as extremidades da ponta dos dedos como uma aura fantasmagórica.

Durante os últimos 5.000 anos na medicina tradicional chinesa, as vias vitais da energia etérica no corpo humano foram equilibradas usando a modalidade de cura da acupuntura.

Mais recentemente, o gênio elétrico Nikola Tesla produziu grandes quantidades de energia etérea usando, aparentemente, eletricidade de alta freqüência como método para atrair energia etérica fora da atmosfera. Como seu comportamento é muito diferente da eletricidade regular, ele se referiu a ela como "eletricidade fria".

Assim como a atmosfera é preenchida por elétrons, prontos para serem canalizados através de um gerador elétrico, também é preenchida com energia etérica. Todas as energias são fornecidas e reabastecidas pelo Sol, incluindo a energia mental que forma a atmosfera mental global ou o cinturão da mente em torno da Terra.

O cinturão da mente é condicionado pelos pensamentos e emoções da humanidade. Cada pessoa atrai constantemente energia mental, condiciona-a por seus pensamentos e ações, e passa-a de volta ao cinturão da mente. Cada um de nós afeta todos os outros.

Um ato espiritual - que expressa amor incondicional - por qualquer pessoa em qualquer lugar do planeta melhora o cinturão da mente de todo o planeta. Um ato destrutivo por qualquer pessoa em qualquer lugar do planeta degrada o cinturão da mente de todo o planeta.

A energia etérica é uma energia mais sutil que a eletricidade, e uma energia mais densa do que a energia mental. No entanto, devido a sua proximidade vibratória com a energia mental, ela responde prontamente à pressão mental aplicada.

A mente humana pode, através da visualização e da intenção, atrair energia etérica, condicioná-la de qualquer maneira desejada e, em seguida, direcioná-la para qualquer objetivo desejado.

Em 1831, no início da era elétrica, o cientista visionário Michael Faraday publicou sua descoberta da lei da indução eletromagnética. Esta lei, ou princípio, afirma que uma corrente elétrica será induzida em um condutor quando for movida através de um campo magnético.

Na época, parecia ser a coisa mais estranha do mundo. Mover um condutor para frente em um campo magnético invocaria uma corrente elétrica de lado no condutor. Esta descoberta mostrou que, com a geração elétrica, nada aconteceu na mesma direção. Todas as três direções no espaço estavam envolvidas - um condutor de metal que correu para frente através de um campo magnético que corria verticalmente, produzindo uma corrente elétrica que corria lateralmente.

Foi verdadeiramente inspirador para aqueles que viram esse fenômeno claramente demonstrado pela primeira vez. Esta descoberta abriu a porta para a geração de eletricidade em grandes quantidades. À medida que a ideia foi desenvolvida, a eletricidade passou a substituir o vapor como meio de trabalho da Revolução Industrial, e mais tarde deu origem ao campo da eletrônica.

Hoje, a nova fronteira da descoberta está na energia espiritual. Percebendo que a energia espiritual existe e compreendendo como ela pode ser atraída, condicionada e transferida, abre um novo campo de possibilidades no uso da humanidade de todos os tipos de energias dadas por Deus.

Tanto a energia elétrica quanto a energia etérica respondem à pressão. No caso da energia elétrica, a tensão é a medida da pressão elétrica. Quanto mais tensão você tiver disponível, mais energia elétrica você pode mover através de um circuito. No caso da energia etérica, a aplicação da pressão através da intenção mental é semelhante ao princípio da tensão. Como uma forma de energia mais elevada, a energia etérica responde prontamente à pressão mental.

Quanto mais intensa sua intenção, mais energia etérica você moverá em direção ao seu objetivo pretendido. Por exemplo, se você estiver enviando energia de cura a distância para um amigo em outro local, quanto maior for a pressão de sua intenção aplicada, mais energia de cura você poderá gerar e transferir para ele.

Existe uma diferença fundamental entre energia simples, não condicionada, etérica e energia espiritual. A energia espiritual é energia etérica condicionada pela intenção espiritual. Para alcançar o condicionamento espiritual da energia etérica e transformá-la em energia espiritual, a consciência do indivíduo deve primeiro se elevar na faixa de freqüência da consciência espiritual.

No coração humano está a porta da consciência material para a consciência espiritual.

Como explicado em meu livro, "A Mudança. A Revolução na Consciência Humana", há dois níveis de consciência centrada no coração e eles ressoam em diferentes frequências. É uma situação de yin e yang. O nível mais baixo e passivo é a consciência sincera, onde a pessoa ajusta-se à experiência do amor incondicional. O nível mais elevado e ativo é a consciência do coração, onde a pessoa coloca essa consciência centrada no coração em ação.

A porta para a consciência espiritual é entre esses dois níveis de consciência centrada no coração.

Existem duas grandes camadas de consciência humana, cada camada contendo seis estágios. O nível básico tem um foco materialista e varia desde a primeira expressão histórica da consciência humana, até a evolução da ação e realização empoderadas e na consciência sincera.

Neste estado de consciência sincera, os seres humanos passam de apoiar, por exemplo, a expansão comercial insensata para uma consciência em que o meio ambiente se torna uma questão importante.

Os humanos passam então para o segundo nível de seis estágios da evolução humana. Este é o nível espiritual e, ao entrar nele, a humanidade hoje está dando um salto quântico na consciência. Esta é a natureza essencial da Mudança que está transformando a sociedade de hoje.

À medida que cada humano passa cada vez mais tempo no nível espiritual, ele se envolve cada vez mais em ações do coração, mudando o mundo através do amor incondicional aplicado.

A pessoa média na sociedade ocidental de hoje ainda está no estágio de expansão comercial da consciência e, no entanto, com um pé muito plantado na consciência sincera dos problemas da ecologia.

Enquanto isso, os pioneiros da Mudança de hoje estão passando cada vez mais tempo se aventurando no nível espiritual da consciência e, como resultado, expandindo a consciência de toda a humanidade.

Conclusão

A geração da energia espiritual é realizada através da intenção espiritual aplicada ao suprimento universal da energia etérica.

O nível espiritual da consciência começa com a consciência alimentada pelo coração e é inserido através da entrada do coração.

O grau de intenção determina a quantidade de energia etérica que será condicionada à energia espiritual. A intenção também é usada para direcionar a energia espiritual para o objetivo desejado, como a cura à distância, a cura mundial ou simplesmente para melhorar a meditação.

Resumo

O Princípio da Geração da Energia Espiritual afirma que a energia espiritual é gerada pela direção mental da energia etérica, condicionada pela intenção espiritual.

Por favor, respeite os créditos ao compartilhar

DE CORAÇÃO A CORAÇÃO - http://www.decoracaoacoracao.blog.br
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO - https://lecocq.wordpress.com
Tradução: Regina Drumond - reginamadrumond@yahoo.com.br
Grata Regina!

LUZ!
STELA

18/07/2017

Colhendo as Verdadeiras Recompensas





Colhendo as Verdadeiras Recompensas

Imaginem um homem que está prestes a fechar um enorme contrato e a fazer muito dinheiro. Antes que tal aconteça, o negócio vai abaixo e ele acaba com nada nas mãos. Ele investiu tanto tempo e energia, esforço e depois... puf! foi-se. Tudo lhe foi tirado. A maioria de nós pensaria, talvez," oh que chatice, que aborrecido para o tipo". Certo? E se vos disser que não é bem assim?

E se eu vos disser que no quadro geral do crescimento espiritual deste homem, perder este contrato vai dar-lhe a humildade de que ele necessita para um negócio ainda maior lá na frente? Se ele tivesse assinado aquilo, ele teria ficado demasiado egoísta, perdendo a conexão com a sua Luz interior. Superar aquele revés, foi a forma de o Universo lhe permitir encontrar-se a si mesmo com uma consciência mais forte e poderosa.

A ideia aqui é que não se trata da recompensa que obtemos no mundo físico. Não tem a ver com honra, respeito ou dinheiro. A verdadeira recompensa é a que obtemos através da nossa evolução. Ele há altos e baixos, mas a constante aqui é que a Luz está sempre connosco.

A todo o momento estamos rodeados de anjos da guarda que estão aqui para nos proteger. A energia positiva que geramos através da nossa bondade, boas ações e aumento da dignidade humana fortalece esses anjos. Mas, sabem uma coisa? Esses guardiães também estão lá a 100 por cento nos momentos duros. Quando estamos na lama e não conseguimos ver a Luz, sentindo-nos derrotados, pequenos e inseguros, estamos no maior estado de proteção. Como uma borboleta num casulo. A nossa alma está a preparar-se para a transformação.

Uma das porções que lemos esta semana, Matot, fala-nos dos Israelitas em luta contra os Medianitas e da sua vitória. Como sabemos, a Torah não é apenas uma lenda histórica, representa o processo da alma aqui e agora. Aqui, aprendemos que não é nunca apenas sobre a luta que estamos a travar, não importa qual seja ou quão real ela pareça. Tem a ver com o modo como abordamos a batalha. As dificuldades que encontramos dão-nos a oportunidade de mostrar as nossas "cores" verdadeiras, de revelar a nossa força, coragem e a magnificência de quem realmente somos.

Nos dias de hoje, as pessoas que querem tornar-se fisicamente fortes, vão ao ginásio levantar pesos ou entram para uma aula de grupo. Quando mais peso levantam, mais praticam e se alongam, mais fortes se tornam. O crescimento emocional e espiritual requer o mesmo tipo de esforço, o mesmo "treino". Só que não é fácil lembrarmo-nos disto quando estamos no meio de uma crise ou passando por um grande desafio.

Muitas vezes vemos os nossos desafios como entraves no nosso caminho para o sucesso. Se tivéssemos a via desimpedida, chegaríamos onde queremos ir. Mas esta semana podemos aprender o segredo de tirar máximo partido das nossas dificuldades. Obtemos a certeza de que qualquer situação em que estejamos, está lá para nos ajudar no nosso crescimento espiritual.

Desejo uma semana abençoada

Karen

Se você receber este e-mail de um amigo e gostaria de subscrever : clique aqui








15/07/2017

Conexão da Semana: A Lembrança


                  Conexão da Semana: A Lembrança
Nas porções da Torá desta nova semana encontramos um trecho (Números 33:01) que faz uma reavaliação da longa jornada de um povo desde a saída do Egito, até a chegada na Terra Prometida, passando por 42 cidades. Mas por que citar nominalmente cada um dos pontos de uma longa e árdua caminhada? Por que fazer isto às vésperas de penetrar o tão sonhado lugar de destino?

Quando a Torá nos conta uma história, fala sobre algo que acontece em nossa vida. Assim, o texto nos diz para, neste momento, também re-avaliarmos nossa jornada e destacar pontos importantes. Em quais pontos foi preciso parar, receber uma benção, para  então seguir em diante?

Enxergar as bênçãos já recebidas reforça a nossa confiança e nos ajuda a lembrar que não estamos sós. A lembrança serve para isto. O passo seguinte é mais difícil: Consiste em abandonar o passado e o futuro, já que nossa mais profunda realização só acontece aqui e agora.

Shalom!

Atenção: No dia 18/07 vamos começar juntos o curso on-line dos 72 Nomes de Deus: imperdível! 

A seguir a mini-aula da semana:http://www.youtube.com/watch?v=QNdntOWr6Pg 

[]s Ian Mecler.

11/07/2017

Lua Cheia 9/ Julho/ 2017.Impulso e Traz um verdadeiro renascimento.




Lua Cheia 9/ Julho/ 2017.Impulso e Traz um verdadeiro renascimento.
Por Claudia Lazzarotto - Astróloga Kármica 


Lua Cheia de Julho de 2017. Traz um verdadeiro... renascimento. Uma explosão energética focada diretamente o Eu de cada um de nós. O Eu essencial profundo, o eu emocional, físico e espiritual. Mas um nascimento pode incluir o doloroso processo de parto, não se assuste com ele, e renasça feliz!


Teremos a Lua em conjunção praticamente exata a Plutão retrógrado em Capricórnio, ambos opostos ao Sol conjunto a Marte em Câncer e todos quadrados a Júpiter em Sagitário.
Com esta estupenda Lua Cheia podemos alcançar novos patamares a muito esperados. Podemos concluir processos e desencalacrar estagnações. Ela realmente gera movimentos bruscos e drásticos, mas que são de fato inquestionavelmente necessários.


Em cada um de nós este renascimento pode acontecer numa área da vida e para isto é fundamental que entendamos nosso real momento de vida e de evolução para que possamos direcionar este impulso na direção certa.
http://www.vegaplus.com.br/cgi-local/vega/natal.gif… todas as conexões desta Lua Cheia de 9/07/2017 as 1:05horário de Brasília, muito importantes e grandiosas. Só analisando o encontro da Lua com Plutão retrógrado em Capricórnio já temos aí uma revolução interna, uma reviravolta intensa que pode ser muito benéfica, um verdadeiro renascimento, principalmente para quem andava meio desorientado. Pode ser um verdadeiro tranco que coloque tudo no lugar. Considerando a conexão destes com Sol conjunto a Marte temos aí a força necessária para acompanharmos este novo impulso de vida. E todos conectados a Júpiter em Sagitário efetivamos colheitas da Justiça Divina neste processo de renascer em nossas vidas.

Esta estarrecedora Lua Cheia ocorre ainda com a aspectação do grande Trigono entre Urano, Saturno e Nódulo Norte, que mencionei em meu último artigo, um Momentão Astrológico que ganhamos quase de presente.

Precisamos estar decididos e abertos para estas incríveis mudanças e incrivelmente focados em nossas realizações evolutivas. Em nossa real plenitude e felicidade!!

POR: Claudia Lazzarotto Astróloga kármica.

10/07/2017

Apelo ao Elemental Responsável pelo Corpo Físico

Apelo ao Elemental Responsável pelo Corpo Físico

Em nome de minha Presença Divina EU SOU e em nome dos poderosos Mestres e Diretores dos Seres Elementais, dirijo-me ao meu amado ser elemental responsável pelo meu corpo físico e a todos os elementos de meus corpos inferiores.

Eu vos amo, abençoo e agradeço o vosso serviço prestado a mim. Contemplai o Plano Divino predeterminado para minha Emanação de Vida, renovai e aperfeiçoai a substância de meus corpos inferiores de acordo com este Plano, para podermos, juntos, ascensionar.

Em nome do Amor, Sabedoria e Autoridade da Bem Amada Presença Eu Sou e de meu próprio Santo Ser Crístico, envio amorosa gratidão e reconhecimento ao Elemental do meu corpo, bem assim, ao de todos os homens. Que as bênçãos divinas de Amor e Paz fluam para todos Eles.

Em nome de nossa Presença Divina EU SOU, assim é.

Afirmações

- EU SOU a poderosa e irradiante força que reanima e vivifica meus quatro corpos inferiores.

- EU SOU a LUZ que transpassa e renova cada célula, cada órgão de meu corpo físico e mantém sua completa saúde.


- EU SOU o HOMEM DOURADO que atua através deste corpo e manifesta Sua pureza e perfeição neste mundo físico.


- Em nome da minha Presença Divina EU SOU, afirmo: Este corpo é a expressão de minha irradiante pureza. Este corpo é saudável, forte e belo. Cada órgão funciona em perfeita harmonia. Constantemente envio novas forças ao ser externo para que se manifeste a perfeição de minhas qualidades divinas - Harmonia, Luz, Vida, através deste corpo que é puro e saudável.


- EU SOU a irradiação da Luz Divina que preenche meus invólucros inferiores - nada mais que perfeição pode existir. Portanto, este corpo é um exemplo de pureza para as Forças Divinas que atuam através dele e um instrumento perfeito para o "Serviço Prestado" no Caminho à Luz.

ASSIM É

Recebi de Regina Carneiro

09/07/2017

O DESPERTAR DO SEU CHACRA RAIZ

O DESPERTAR DO SEU CHACRA RAIZ 
ONDAS DE ENERGIA GALÁCTICAS
MENSAGEM DE MELCHIOR 
Canalizada por Natalie Glasson

Eu Sou Melchior. Sou o Logos Galáctico, supervisiono os Níveis Galácticos do Universo do Criador e distribuo as energias sagradas e da vontade do Criador. Não sou masculino nem feminino. Sou a síntese de ambos, uma unidade e expressão do Criador. A energia que compartilho pode ser percebida como luz prata-dourada que produz cura, despertar, iluminação, unidade interna e iniciações para ajudar mais a lembrança do Criador.

A onda da energia galáctica começa

Eu, Melchior, fui orientado pelo Criador para entregar três ondas de energia de luz do Nível Galáctico da humanidade.

A primeira onda energética será distribuída, a partir da minha essência, no início de julho de 2017.

A segunda será distribuída no início de agosto de 2017 e a terceira, no início de setembro de 2017.

A humanidade experimentará cada onda energética por cinco dias, no máximo.
Todavia, a experiência de transformação continuará pelo período de três meses.

Para receber as ondas de energia galácticas

Imaginem a parte inferior do seu tronco, da base da coluna vertebral, acima de seus quadris e até a sua cintura, como um cálice ou uma taça que coleta luz. Deixem que a energia do amor, oriunda da sua alma e do chacra cardíaco, transborde para criar o contorno do cálice ou taça de luz, que enche a parte inferior do seu tronco. Imaginem, percebam, reconheçam que a cor que o seu coração e a sua alma emanam está criando o cálice ou taça de luz.

Reconheçam que no centro do cálice de luz existe uma joia de luz magnífica, vocês podem percebê-la como a cor vermelha ou outra cor; representa o chacra raiz, na base da coluna vertebral. O chacra raiz está se abrindo e se expandindo para conectar-se, e uma parte do cálice de luz, formado por seu coração e sua alma, ao mesmo tempo em que envia um feixe de luz para baixo, por intermédio do chacra estrela da terra, abaixo de seus pés e para o núcleo da Mãe Terra.

Levem a atenção de sua mente para o chacra do portal estelar, acima do chacra estrela da alma (que fica acima da cabeça), e digam em voz alta: ‘Eu permito a vibração mais apropriada da energia galáctica de Melchior, e supervisionada por ele, para que minha alma e a ascensão ancorem, dentro e através do meu chacra do portal estelar agora’. 

Vocês podem experimentar uma expansão em sua energia como uma luz prata-dourada, que flui do Universo do Criador diretamente para o seu ser. A luz inundará o seu ser, ancorando-se no chacra estrela da alma e descansando nesse chacra até que vocês estejam prontos para continuar.

Levem a atenção de sua mente para o chacra estrela da alma, entre o portal estelar e o chacra da coroa. Permitam-se um tempo para reconhecer a energia agora presente no chacra estrela da alma.

Quando estiverem prontos, vocês podem dizer em voz alta: ‘Agora eu convido meu chacra estrela da alma para entregar a energia galáctica essencial para a minha ascensão em todo o meu ser.’ 

Observem como a luz flui para o seu ser e é coletada no cálice de luz criado por sua alma e o seu chacra cardíaco.

Tragam a atenção de sua mente para o cálice de luz, na parte inferior do seu tronco, deixem-no encher-se e transbordar com a luz galáctica. Concentrem-se no chacra raiz e imaginem a luz penetrando e se fundindo com o chacra raiz. Uma mudança bela e transformadora ocorre nesse chacra.

Continuem a concentrar-se no chacra raiz e no fluxo da energia galáctica, que emana para o chacra estrela da terra e para o núcleo da Terra, assim como enchendo o cálice de luz na parte inferior do seu tronco. Coloquem a maior parte de sua atenção no chacra raiz para observar as mudanças, toques de despertar e energias ancorando-se no presente e nos momentos e dias vindouros.

Pratiquem isso uma vez ou tantas vezes quanto se sentirem orientados, no começo de cada mês, durante o período de três meses.

Como a energia galáctica ajudará

O chacra raiz representa padrões e hábitos de sobrevivência, aprendizado para existir na Terra e força para se viver. À medida que vocês recebem a luz galáctica, o chacra raiz será reprogramado, curado e ativado para apoiar os novos entendimentos da sobrevivência e da existência na Terra.

Os códigos galácticos, os padrões energéticos e os símbolos sagrados serão ancorados no chacra raiz, mantendo a sabedoria e o conhecimento que apoiarão a criação de novos padrões de sobrevivência. Já não sentirão como se houvesse necessidade de aprender a existir na Terra, a Terra se tornará parte de vocês, e vocês uma parte da Terra.

A sobrevivência se transformará em unidade com o Criador, e a força do chacra raiz apoiará mais a exploração em sua existência como um ser espiritual incorporando um corpo físico. Um profundo senso de conhecimento surgirá do chacra raiz, à medida que as energias galácticas ativam as energias espirituais profundamente fixadas e guardadas nesse chacra.

Os códigos galácticos, padrões energéticos e símbolos sagrados

A energia galáctica que Eu, Melchior, estou enviando para vocês, em três ondas de energia, sustenta um propósito de despertar, a partir do chacra raiz, uma aceitação da sua existência e presença na Terra, assim como uma aceitação do eu unificado espiritual com a existência física.

A energia estimula-os a estarem ancorados mais plenamente na Mãe Terra, aceitando as dádivas da vida e aprendendo a existir em unicidade e harmonia com a Mãe Terra e os planos físicos. A energia galáctica apoiará uma aceitação mais profunda da vida espiritual e um olhar espiritual sobre a Terra.

Isso significa a incorporação do amor, paz, alegria, realização, verdade e cura, ao permitir que essas energias sagradas se tornem os seus padrões de sobrevivência e existência na Terra, sua força e vigor para uma existência poderosa e significativa na Terra. Assim, as mesmas energias formarão uma base de sua realidade e também serão suas experiências da realidade.

A conscientização lhes permitirá reconhecer que, por ancorar a luz galáctica em seu ser, principalmente no chacra raiz, vocês embarcarão em uma jornada de aceitação, que cura. A aceitação de si mesmos, de suas experiências, criações e realidade, em todos os níveis do seu ser.

Essa adoção e percepção da aceitação permitirão que os aspectos mais elevados e a consciência da alma se fundam com o seu ser, enquanto estimulam uma compreensão mais profunda do casamento entre a existência física e a espiritual na Terra.

As três ondas de energia galácticas

A primeira onda de energia galáctica se concentrará em purificar o chacra raiz no começo do processo de aceitação, em que é vitalmente necessário apoiar a existência física e espiritual na Terra.

Algumas pessoas podem experimentar uma ligação mais profunda se formando com a Terra, à medida que reconhecem a unidade entre seu ser e a Mãe Terra, também, como isso apoia a vida e a ascensão na Terra.

Outros podem experimentar um aprofundamento da ligação consigo mesmos e uma aceitação das energias que foram mantidas no chacra raiz, que não se alinham mais com a transformação que ocorre nesse chacra.

A segunda onda de energia será de uma frequência mais elevada de luz galáctica, o que permite uma cura mais profunda no chacra raiz, e, portanto, uma maior ativação da aceitação.

A conscientização de padrões e hábitos de sobrevivência que, não lhes servem mais, virá à tona, com um reconhecimento da sua transformação em padrões de experiências positivas e gratificantes na Terra. Novas perspectivas para a vida despontarão, tornando-os cônscios das ações e de mais cura que são exigidas em sua jornada de aceitação.

A terceira onda galáctica será de uma frequência de luz mais elevada do que as duas ondas anteriores, continuando o processo de ancoragem da luz galáctica, Eu, Melchior, estou compartilhando com vocês.

Enquanto as energias incentivam-nos a mergulhar mais profundamente na exploração do chacra raiz, então, vocês podem descobrir o núcleo da energia da aceitação e o núcleo do padrão negativo que impacta a sua realidade.

A energia fluirá em seu ser e no chacra raiz três vezes, quer vocês estejam cônscios disso, quer não. Se estiverem conscientes do processo, vocês receberão os benefícios com maior facilidade e perfeição, ajudando a aceitação de si mesmos, da Mãe Terra e da sua existência espiritual na Terra.

Com alegre expectativa de trabalhar com vocês.

Melchior

Por favor, respeite os créditos ao compartilhar
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO - http://www.decoracaoacoracao.blog.br
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO - https://lecocq.wordpress.com
Direitos Autorais: Natalie Glasson – www.omna.org
Tradução de Ivete Brito – adavai@me.comwww.adavai.wordpress.com
Grata Ivete!
LUZ!
STELA

Certeza, Paz e Cura Espiritual




Certeza, Paz e Cura Espiritual


A porção desta semana é famosa, mais dentro do Kabbalah centre do que em qualquer outra parte do mundo. Porque esta é a porção que se relaciona diretamente com cura espiritual. Também é a favorita do Rav. "Pinchas"!, tantas vezes dizia ele do púlpito."O que encontrei eu em Pinchas que não vi em mais lado nenhum?"

"Cura! Saiam e ouçam Pinchas. Alinhem-se à volta do quarteirão, façam o que for necessário para escutarem a leitura de Pinchas". De facto, é proveitoso a todos usarmos a energia de cura que permeia o Universo esta semana.

Porque é Pinchas considerada a porção da cura, e como podemos nós aceder a esta plenitude nas nossas vidas hoje?

Bom, para principiantes: está escrito no Zohar que Pinchas tinha o dom de shalom, ou paz. Paz é um estado de satisfação interna, e de combinar o coração com a cabeça. Hoje, sabemos o que o Zohar nos disse ser verdade há milhares de anos, que a maioria das doenças não vem da cabeça, mas do coração, da emoção, de não nos sentirmos plenos.

Sabem,corremos para o Centro no shabbat de Pinchas em busca de cura, mas na verdade o maior dom que recebemos desta porção é a capacidade de encontrarmos certeza dentro de nós. Pois é através da certeza que encontramos a paz. Certeza é o estado de sabermos que não importa o que esteja a acontecer na minha vida neste momento - e sim, também não importa quem esteja na minha vida neste momento - é perfeito para o meu desenvolvimento espiritual. O que há de mais pacífico do que ter absoluta certeza sobre isto?

A maioria de nós opera a partir da cabeça, onde há muito ruído. Esta semana, torna prioritário avaliar com o coração. É onde está a certeza. É onde encontrarás a paz.

Pinchas é um canal poderoso para cura porque ele tinha certeza de espírito e paz no coração. Não importava o que as pessoas pensassem dele, não importava o quanto ele era criticado, a sua alma justa sabia o que estava certo, e ele batia-se por isso.

Como o Rav dizia, "Pinchas ergueu-se contra tudo o que estava errado, mesmo que isso significasse a sua própria vida. Ele revelou uma tremenda Luz para o mundo. A leitura desta porção pode beneficiar toda a humanidade. Podemos não nos apercebermos desse benefício no imediato, mas a longo prazo ele vai estar lá".

Desejo um semana abençoada,

Karen

Se você receber este e-mail de um amigo e gostaria de subscrever : clique aqui