Rieu

08/04/2018

Palavras de amor


Palavras de amor


As palavras que vêm do coração não são meros sentimentos, mas uma força que pode encorajar-nos a superar qualquer desafio que se nos possa apresentar.

Quando os nossos filhos vão para a escola pela primeira vez, não há muito que possamos fazer a partir do momento em que deixam as nossas mãos. São colocados nas mãos dos professores, e as nossas próprias mãos estão longe deles. Mas o que podemos fazer é enviá-los para o mundo com a sabedoria que ensinamos e o amor que damos. Em vez disso, temos o poder de segurá-los com as nossas palavras e pensamentos. De manhã, podemos olhar nos olhos dos nossos filhos e dizer: “Hoje vais ter um grande dia. Sinto que sim. Lembra-te, eu amo-te e não importa o que aconteça hoje, vais conseguir lidar com isso. O Criador está contigo, mesmo quando eu não estou”.

Este tipo de palavras torna-se um poderoso escudo protetor contra medos, dúvidas, ou os valentões do mundo. Mais importante, são palavras que curam. Onde há um espírito em baixo, palavras de encorajamento rejuvenescem e tornam-nos inteiros novamente. Corações partidos e mentes cansadas são renovados com simples palavras de amor.

Palavras do coração são como diamantes cintilantes a que nos podemos agarrar quando a noite fica muito escura, quando o mundo se torna muito frio, ou quando esquecemos que há pessoas no mundo que nos amam. Tais palavras, naturalmente, não devem ser apenas para as crianças, mas para todos. Nós também somos, por dentro, como pequenas crianças que ainda precisam do poder das palavras para nos ajudar a curar e a construir as nossas vidas. Esta semana, o universo apoia-nos na cura das nossas mentes, corpos e espíritos com o poder dos pensamentos e as palavras que são criadas por eles.

A nossa porção desta semana são, na verdade, duas. As porções são Tazria e Metzora. Estas porções são lidas em conjunto e destinam-se a trabalhar em uníssono para trazer uma cura do espírito. A energia de Touro, conhecido como o mês da cura, começa esta semana a irradiar no universo, conjugando-se com os poderes de cura de Tazria e Metzora. Tazria e Metzora debruçam-se extensivamente sobre as várias doenças do corpo e os respetivos métodos de cura e limpeza. Estas doenças têm origem no que pensamos, e, em última análise, no que dizemos. As nossas palavras têm o poder de construir ou destruir. Como aprendemos aqui na porção desta semana, as palavras quando usadas para destruir podem, Deus nos livre, causar doenças. No entanto, como na natureza, a cura é sempre encontrada perto do veneno. Esta semana, é-nos dado o presente inestimável de curar as nossas feridas e de experimentar a restauração completa.

Às vezes tudo o que precisamos na vida é um pouco de encorajamento de um amigo para conseguirmos atravessar tempos difíceis. Você pode erguer alguém do chão do desespero com a força de uma palavra encorajadora dita a partir do coração. As palavras têm mesmo o poder de nos elevar. Todos enfrentamos dificuldades. Todos temos, às vezes, medo de enfrentar o mundo. Todos ficamos com medo. Como é vital ter naquele momento um amigo amoroso, um pai, ou um irmão a sussurrar carinhosamente nos nossos ouvidos: “Consegues fazer isso. Eu sei que consegues. Vai dar certo. Vais ficar bem. E eu estarei lá se precisares de mim. Eu amo-te”. Estas palavras não são apenas gentilezas, mas sim palavras do próprio Criador, enviando o Seu amor através das pessoas. Palavras de amor e encorajamento não são um luxo, mas um remédio vital de que cada um de nós precisa para prosperar neste mundo. Se tivermos sorte, os nossos corações e almas estão cheios de palavras de amor que nos são dadas pelos nossos pais. Ou, podemos ter aquele verdadeiro amigo que está lá para nós nos momentos mais sombrios das nossas vidas. Mas se não tivermos tanta sorte, então cabe-nos a nós canalizar o amor do Criador para nós próprios. Podemos fazê-lo. É possível curar as nossas almas e corpos com palavras de amor, não importa quem somos ou onde nos encontramos na vida. Poderemos descobrir que palavras de amor são a nossa ferramenta mais necessária e essencial.

Esta semana, nas suas meditações, veja-se a caminhar por uma floresta exuberante e verde. A relva morna sob os seus pés é macia e cheia. Os raios solares quentes filtram o seu caminho através dos ramos das árvores. A luz e as sombras dançam sobre o seu rosto enquanto caminha ao longo de uma vereda. Siga o caminho que leva a um lindo lago cintilante. Sente-se junto ao lago e debruce-se. Veja o seu reflexo acenando e mexendo na água. Agora olhe profundamente nos seus próprios olhos. Diga a si mesmo: ”Hoje vai ser um grande dia. Posso senti-lo. Vou lembrar-me, o Criador ama-me. Não importa o que possa cruzar-me o caminho, posso lidar com isso. O Criador está comigo, mesmo se me sentir sozinho. Eu posso alcançar grandes coisas e, com a ajuda do Criador, posso superar qualquer desafio no meu caminho. Sou amado/a. Estou aqui para dar esse amor aos outros. A felicidade e o realização são meus”.

Se conseguirmos começar cada dia com estas palavras amáveis para nós mesmos para os nossos irmãos e irmãs, certamente que podemos criar um mundo de paz, de amor, e de remoção de todo o sofrimento e doença. Eu não acredito nisso, eu sei-o.

Se você receber este e-mail de um amigo e gostaria de subscrever: clique aqui