Rieu

29/04/2018

Abrir espaço à Luz



Abrir espaço à Luz 


A fé pode ser um mistério para muita gente. Mas, o que é exatamente a fé? Qual é a sua fonte? A fé é uma espécie de esperança? O Rav não gostava da palavra esperança. O Rav sempre nos encorajou a ter a certeza da Luz do Criador. Não era suficiente acreditar ou ter esperança no amor do Criador; nos nossos corações devemos conhecer, sem dúvida, o amor do Criador por todos e cada um de nós. Isto é ao que o Rav se referia como certeza. Porque o amor infinito e presença do Criador é como o nascer do sol. Sabemos, sem dúvida, que o sol se erguerá a cada dia. Não importa o quão escura a noite pode ser, continuamos certos de que o sol vai nascer novamente para nos ajudar, oferecendo-nos a luz e o calor de que precisamos. Isto é o que aqueles que têm a certeza possuem, não é uma cegueira ou uma ingenuidade, mas um conhecimento da presença do Criador nas suas vidas e no mundo. O Criador não é meramente um conceito, mas uma fonte de energia para confiar e receber na vida.

Esta semana, o cosmos acena-nos para saber mais desta fonte, para explorar a potência inesgotável de energia que nos proporciona a verdadeira felicidade, realização e bênçãos autênticas. O Criador está a pedir-nos agora para abrirmos os nossos corações e deixá-Lo entrar.

A nossa porção desta semana é Behar. Behar refere-se ao Monte Sinai, uma das mais pequenas montanhas do mundo. Foi nesta montanha que o mundo recebeu a grande bênção e ferramenta conhecida como a Torá. Os kabalistas ensinam que o tamanho do Monte Sinai indica que era humilde e sem ego e, portanto, merecia ser a localização da revelação da Torá. A base deste conceito é muito bonita. Se nos vemos como grandes e no controlo da vida, não estaremos então a empurrar o Criador para fora desta? Queremos realmente que as nossas mãos sejam o único tecelão das nossas vidas? Não preferimos, em vez disso, ter o Criador como nosso parceiro? Na última parte da leitura da semana, o Criador lembra-nos: “Existe algo demasiado difícil para mim?” O Monte Sinai ensina-nos que é nos momentos em que nos tornamos humildes que criamos espaço para o Criador e toda a sua energia serem uma parte das nossas vidas. Este é o segredo da certeza. Está em conhecer o poder do Criador, e em permitir que essa energia entre nas nossas vidas.

Na porção de Behar, o Criador ensina aos israelitas que, para que a sua Luz entre nas suas vidas, eles devem estar dispostos a abrir mão e a criar o tal espaço. O Criador fala com Moisés, dizendo-lhe para transmitir aos israelitas o poder de fazer menos e receber mais. O Criador pede-nos, também, esta semana para sair do caminho e criar uma abertura para a sua Luz entrar nas nossas vidas, dando-nos assim mais do que nós jamais poderíamos nós mesmo criar. Através deste processo, somos encorajados a conhecer o Criador e a permitir que esta bela e poderosa energia mude para melhor as nossas vidas, as vidas daqueles que amamos, e o mundo.

Acontece com frequência que nos esforçamos muito na vida para afinal ver os nossos planos falhar e os sonhos escorregar entre os dedos. Quando pensamos que só nós somos capazes de realizar os nossos objetivos, podemos, infelizmente, ficar aquém deles. No entanto, esta luta não é necessária. Há um sistema que, se estivermos abertos a entrar nele, pode ajudar-nos e nutrir-nos. O Criador pede-nos apenas para criar uma abertura do tamanho do buraco de uma agulha que, por sua vez, Ele vai ampliar para se tornar uma abertura através da qual grandes milagres podem entrar. O Criador é capaz de fazer qualquer coisa por nós. O Criador é uma fonte infinita de positividade. Ele está lá para nós e quer compartilhar connosco, mas só se Lho permitirmos. É quando nos conectamos a esta energia que experimentamos milagres, maravilhas e a mente sobre a matéria. Embora com os nossos olhos possamos ver a escuridão da noite, com o olho da nossa mente vemos que o sol está prestes a erguer-se. Se estivermos abertos a ficar quietos e deixar ir apenas um pouco, podemos receber mais do que nunca pensámos ser possível.

Esta semana, nas suas meditações sente-se calmamente, feche os olhos, e respire fundo. Lembremo-nos destas sábias palavras: o mundo inteiro é uma ponte estreita e o segredo da vida é não ter medo à medida que a atravessamos. Sente-se calmamente, silenciosamente, e permita que esta mensagem penetre na sua mente. Então, permita que essa sabedoria caia no seu coração. Deixe-a tornar-se não apenas uma crença na sua mente, mas um saber no seu coração. Admita a mão do Criador na sua vida, tirando a mão do volante. Crie espaço, permitindo que a Luz entre dando-lhe tudo o que você precisa e os milagres e amor que merece. Permita-se ser pequeno, como o Monte Sinai, para possibilitar que grandes coisas aconteçam. Veja o sol a erguer-se lentamente no horizonte. Deixe a sua enormidade e poder torná-lo humilde perante a beleza e a perfeição da criação. Dê as boas vindas na sua vida à grande ajuda desta Luz. O Criador ama-o e não quer nada, a não ser o melhor para si.

Às vezes, para receber a abundância que o Criador deseja partilhar connosco, precisamos apenas de fazer um pequeno espaço nos nossos corações para Ele entrar.

Karen 

Se você receber este e-mail de um amigo e gostaria de subscrever: clique aqui