Rieu

19/11/2017

Seguindo em Frente





Seguindo em Frente


"Temos que estar disposto a livrar-nos da vida que planeamos para podermos ter a vida que nos aguarda" - Joseph Campbell

Um bebé leva em média 1000 horas de prática até poder andar. Alguns aprendem a gatinhar, primeiro. Alguns adoram rastejar, outros gostam de começar logo a dar os primeiros passos. Mas o que é comum e transversal é o treino e as muitas, muitas quedas seguidas de levantarem-se e tentarem de novo.

Falo disto porque a energia desta semana dá-nos o suporte para sairmos da nossa zona de conforto para escolhermos encontrar o nosso próximo nível. E sempre que o fazemos, estamos fadados a encontrar novos desafios. Tal como o bebé luta antes de caminhar, também nós passamos por testes que nos levam no sentido de sermos quem estamos destinados a ser.

A porção desta semana, Vayetze, significa "e ele saiu". Há tanta coisa a desenrolar-se nesta história, que bem poderia ser um guião de 2 ou 3 longas metragens. Vemos Jacob deixar a casa do seu pai em Beersheba para encontrar esposa, o famoso sonho da escada até ao céu, o encontro no poço com a sua alma gémea Raquel, o seu tempo de trabalhar para Labão, os seus casamentos, o nascimento dos líderes das 12 tribos.. e muito mais pelo meio. Mas o que eu queria dizer é que tudo começa com: "E ele deixou"

Por outras palavras, para que tudo ocorra, para que o desenrolar desta energia espiritual aconteça, teve de existir a decisão inicial de Jacob abandonar o que conhecia. Tudo começou com ele a deixar o conforto da casa dos seus pais, e com a sua certeza na conexão com Deus como guia, aventurar-se no desconhecido.

Para cada um de nós há muitas bênçãos à espreita, mas há um pre-requisito: que tomemos a decisão de avançar. Isto nem sempre significa um movimento físico, embora possa ser um movimento físico. Com mais frequência envolve a decisão de abandonar comportamentos que já não nos servem, sistemas de crenças que nos limitam, ou de encontrar uma forma de desenraizar a bagagem que temos estado a arrastar connosco, por vezes durante muitos anos. A porção desta semana apoia-nos no encontrar o ponto de crescimento dentro de nós, o ponto através do qual poderemos evoluir para uma nova forma de ser.

Todos sabemos que não nos tornamos a pessoa que queremos ser num ápice, assim tipo "puf". Isso acontece talvez nos desenhos animados, mas a experiência humana revela que quem realmente foi dentro de si para operar grandes mudanças e melhorias, teve de passar por testes de fogo. Chegar a um ponto em que incorporamos uma nova forma de ser não é fácil. Todos temos a nossa escada espiritual para subir e ela é específica para o que a nossa alma veio cá para atingir. Mas tal como o bebé, podemos perseverar com vontade de passar pelo processo, sabendo que alcançar cada uma das próximas etapas, permite-nos revelar mais que nós somos.

As crianças são fantásticas, Tudo as fascina, elas bebem cada nova experiência e deliciam-se por aprender mais e mais. Esse é um cenário que podemos abordar à medida que avançamos. Veja como pode abraçar o seu processo indo além da sua zona de conforto. Existem ainda pontos de indecisão e dúvida? Sim. Nenhum de nós é perfeito. Haverá encruzilhadas, desafios e lugares de confusão? Sim, mas com a Luz do Criador somos capazes de superar e esta semana recebemos um suplemento de energia que nos ajuda na caminhada.

Desejos de uma grande semana de luz e transformação.

Karen

Se você receber este e-mail de um amigo e gostaria de subscrever: clique aqui